terça-feira , 17 outubro 2017
Últimas Notícias

Região dos Lagos

POLICIAIS AGRIDEM COVARDEMENTE MULHER EM CABO FRIO-RJ

Policial agride uma garota com coronhadas no rosto, no centro do Jardim Esperança, em Cabo Frio. Segundo relato de testemunhas, por volta das 15h30, dois policiais do 25 BPM fizeram uma Blitz na Av. Ezio Cardoso da Fonseca, esquina com Manoel Gomes dos Santos. Um rapaz foi abordado por um dos policiais que afirmou que ele tinha estacionado a moto quando viu os agentes. Após uma discussão inicial ocorreram uma série de agressões, a moça chegou a cair no chão, posteriormente o casal foi levado leos PMs para delegacia por suposto crime de desacato. Na delegacia eles prestaram queixa contra os policiais por abuso de autoridade e agressão.

 

 

Ciclista morre atropelado na RJ-140, em São Pedro da Aldeia

Acidente aconteceu neste domingo (14).

Ciclista morre atropelado na RJ-140, em São Pedro da Aldeia (Foto: Gustavo Garcia/G1)

Ciclista morre atropelado na RJ-140, em São Pedro da Aldeia (Foto: Gustavo Garcia/G1)

Um ciclista morreu atropelado por um carro neste domingo (14) na RJ-140, altura de São Pedro da Aldeia, Região dos Lagos do Rio. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, o homem de 46 anos morreu no local do acidente por volta das 13h15.

O trânsito teve que ser desviado até a retirada do corpo da pista. Ainda não há informações sobre o enterro.

Fonte/G1

Suspeito de matar e esconder corpo do filho em praia no RJ é preso e polícia investiga se motivação foi briga por pensão

Policiais chegaram até o suspeito, em Araruama, após dias de investigação usando recursos tecnológicos e câmeras de segurança.

O pai do estudante Róbson Júnior, de 13 anos, encontrado morto em uma praia de Araruama, na Região dos Lagos do Rio, em março, foi preso na noite desta quarta-feira (03). Segundo a Polícia Civil, o pai é suspeito de ter envolvimento na morte do adolescente e investiga se a motivação tenha sido briga por pensão alimentícia.

“Evidências apontam que Róbson Júnior teria sido morto por conta de disputa envolvendo o pagamento da pensão alimentícia”, diz polícia em nota.

O Delegado Luiz Henrique Marques chegou até o suspeito após uma investigação usando recursos tecnológicos e câmeras de monitoramento. No decorrer das investigações, segundo a polícia, inúmeras imagens possibilitaram refazer todo o trajeto da vítima após sair da porta do colégio. Os policiais se supreenderam ao verem o veículo do pai de Róbson trafegando pela região no mesmo local e horário em que seu filho foi visto vivo pela última vez.

Imagens de câmeras de monitoramento mostram percurso feito por Róbson (imagem 1) e pelo pai (imagem 2) no mesmo dia e horário do desaparecimento da vítima (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Imagens de câmeras de monitoramento mostram percurso feito por Róbson (imagem 1) e pelo pai (imagem 2) no mesmo dia e horário do desaparecimento da vítima (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Os policiais conseguiram determinar os pontos onde o pai do estudante percorreu no dia do desaparecimento do filho. Eles constataram que na tarde daquele dia, o suspeito esteve no mesmo local em que o estudante foi encontrado morto quatro dias depois do sumiço.

Chamado para depor nesta quarta-feira, o pai inicialmente contou uma versão envolvendo outras pessoas, mas todos os citados prestaram esclarecimentos e negaram a história contada por ele, ainda segundo a polícia.

O pai inicialmente contou uma versão fantasiosa envolvendo terceiros para reforçar seu álibi, porém todos foram imediatamente convidados para prestar esclarecimentos e negaram a história contada por ele. Diante de tais fatos, o pai foi confrontado com as robustas evidências produzidas pelos policiais, que foram resultado de uma criteriosa investigação, dentre elas provas testemunhais, fotos, vídeos de câmeras de segurança, registros de coordenadas de GPS e de aplicativos de celular, informações de operadoras de telefonia, e etc. Ele não sustentou a versão prestada inicialmente e durante o depoimento mudou sua versão”, disse a Polícia Civil em nota.

O suspeito alegou, segundo a polícia, que encontrou com o filho ocasionalmente perto do colégio e o convidou a ir para a praia. Lá, por um descuido, Róbson Júnior teria se afogado, e ele teria enterrado o filho para não ser responsabilizado. A Polícia Civil disse que a versão não se sustenta com as provas colhidas.

O pai da vítima foi encaminhado para a Delegacia de Araruama, onde permanece preso.

Desaparecimento

O estudante foi encontrado morto na manhã do dia 10 de março, na areia, às margens de uma praia, quatro dias após desaparecer misteriosamente. Róbson Júnior saiu de casa no dia 05 de março uniformizado para ir a um cursinho preparatório e não voltou mais para casa. O corpo do jovem, segundo a polícia, estava na praia do Dentinho em estado de decomposição.

Em solidariedade a morte do estudante, a Prefeitura de Araruama decretou luto oficial pelo período de três dias, entre 10 e 12 de março. Segundo a Prefeitura, Róbson estudava na Escola Municipal Vereador Moysés Ramalho.

O desaparecimento de Róbson também causou grande comoção nas redes sociais. Imagens do menino foram compartilhadas para ajudar nas buscas.

Fonte/G1

Acúmulo de água causa mau cheiro e atrai mosquitos na Praça do Skate, em Cabo Frio, no RJ

Após a chuva do fim de semana, água formou uma poça na rampa de skate por conta de um problema na bomba de sucção.

 

O mau cheiro toma conta da Praça do Skate, em Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio, onde a água da chuva se acumula no espaço próprio para a prática do esporte. O problema foi detectado nesta terça-feira (2), mas o acúmulo ocorre desde a chuva do fim de semana, já que a bomba de sucção que deveria atuar na limpeza está com defeito, segundo a Prefeitura. O mesmo problema já havia acontecido no dia 14 de abril.

De acordo com a Prefeitura, a sucção foi realizada no sábado (29), mas a chuva continuou e o acúmulo voltou a acontecer. A água escura exala um cheiro forte que incomoda os moradores e afasta os turistas.

“Já vieram umas três vezes desentupir, trocar os encanamentos e nada foi resolvido. O esgoto retorna. Uma área que seria para esporte, que é ligado à saúde, e no entanto a gente vê isso, que traz doenças e mosquitos”, afirma o morador Humberto Leoni, acrescentando que a cena gera decepção em quem chega para praticar o esporte e não tem como usar a pista.

Em nota divulgada nesta terça-feira (2), a Prefeitura informou que, ainda nesta quarta (3), uma equipe da Companhia de Serviços de Cabo Frio (Comsercaf) corrigirá um problema na instalação elétrica que impede o funcionamento da bomba de sucção.

Fonte/G1

PMAC emite nota respondendo as críticas sobre limpeza e recolhimento de lixo no município.

As declarações da atriz Larissa Ayres, que representa um personagem em Malhação, novela da Rede Globo, após visitar a cidade de Arraial do Cabo no último final de semana, repercutiu na Rede Social. A atriz ganhou elogios, recebeu críticas de volta e também apoio .  As postagens em suas páginas sociais movimentaram principalmente aqueles que conhecem a Região dos Lagos.  Hoje (03) pela manhã a PMAC nos enviou uma nota falando a respeito do trabalho efetuado no município, para esclarecer a população. Segue a nota :
A Prefeitura de Arraial do Cabo informa que referente as reclamações feitas por vídeo sobre lixo nas praias, o Município tem o horário de recolhimento de resíduos nas ruas e nas praias. O Município que se encontrava sobre Decreto nº 2.372 de Calamidade Financeira de 3 de janeiro, não tinha condições ainda de pagar um serviço de limpeza de 24h por dia. É importante lembrar que é de conscientização de cada cidadão e visitante o cuidado com a cidade, que é patrimônio de todos. 
O Governo Renatinho Vianna com 4 meses de trabalho tem empenhado forças para colocar ordenamento na “casa”. De acordo com o Decreto nº 2.416, que entrou em execução pela Nova Gestão, é proibido ao visitante levar recipientes e também assessórios para churrasco para as praias. 
 
A Prefeitura dispõe de uma equipe da Guarda Ambiental e Serviços Públicos que trabalham incansavelmente para manter a cidade limpa, e chegam a retirar toneladas de lixos das praias. A Prefeitura de Arraial do Cabo se coloca aberta a críticas para construir e agregar melhorias ao Município de Arraial do Cabo, mas não aprova qualquer tentativa que possa denegrir o trabalho que é feito para o povo cabista e para os turistas que Arraial do Cabo recebe diariamente. 
 
Todos que quiserem conhecer este trabalho serão recebidos de portas abertas pela Prefeitura para apresentar como é eficiente e de grande empenho das equipes, o que é visto e tem acompanhamento de toda população cabista.”.
Finaliza assim a nota.
Em um vídeo, a atriz Larissa Ayres fez duras críticas sobre limpeza das praias.
A atriz, também por rede social, esclareceu que em relação a postagem em seu Instagran, suas observações foram destinadas a todos os frequentadores das praias no país. Mas em seu vídeo as críticas se voltaram a Administração municipal.
Fonte/Fique Bem Informado

VÍDEO – Atriz global detona Arraial do Cabo por causa da sujeira e posta no Instagran.

A atriz de Malhação Larissa Ayres esteve recentemente no município de Arraial do Cabo e não gostou do que encontrou, com relação a limpeza das praias e das ruas. Através do Instagran, a atriz postou um vídeo fazendo duras críticas ao serviço prestado pela prefeitura e também direcionou sugestões ao Prefeito Renatinho Vianna.  A jovem atriz postou um vídeo mostrando toda a sua indignação a cidade de Arraial do Cabo, mas a postagem que viralisou na rede não é mais encontrada em sua página pessoa. Em outra postagem, desta vez escrita, ela se mostrou revoltada com o comportamento das pessoas que frequentam as praias da cidade. Diante de sua posição contra a situação da limpeza da cidade muitas pessoas saíram em seu favor, mas foi perceptível a resposta de alguns moradores cabistas a atriz . Somente nesta postagem com a foto da Praia do Pontal, mais de 20 mil pessoas curtiram .
Em seu instagran a jovem possui mais de 1 milhão de seguidores .
Leia o que escreveu ontem (01) a atriz :
“Hoje, mais cedo, fiz algumas postagens em meu snapgram falando sobre o lixo deixado na praia de Arraial do Cabo. 
Falei também que não é só aqui, mas em todas as praias! E, mais ainda, nos espaços públicos de uma forma geral (dez minutos andando pela rua vão provar que é verdade) 
Fiquei muito entristecida ao caminhar de manhã cedo e ver tamanha sujeira. Não adianta falar que é ressaca porque RESSACA é o CACETE!! O mar fabrica pote de margarina por acaso? Produz CD? Saco plástico? Restos de churrasco que o povo faz na praia? NÃO!!! Não tentem achar a culpa ou um culpado quando você é o responsável por essa destruição na natureza! Vamos nos conscientizar, não sejamos egoístas! 
Conheço Arraial e venho para cá desde muito menor do que eu ainda sou. Eu amo esse paraíso e venho pra cá toda hora. Percebo claramente a transformação negativa do lugar. Não podemos responsabilizar o turismo, o aumento de circulação, nada disso. A culpa é das pessoas, daqui ou de fora, que não descartam adequadamente o lixo produzido, preferindo deixá-lo para trás porque depois “alguém virá fazer o trabalho”. Pense em uma festa dada em sua casa e a quantidade de lixo que seus convidados deixam. O trabalho fica todo pra você no final, não é verdade? Aí você se lamenta pela má educação deles. A mesma coisa acontece com quem vem visitar esse paraíso e volta pra casa deixando pra trás toda a má educação e sujeira.

A praia é lugar comum de todos. Sendo assim, cabe a cada um de nós cuidar de sua preservação. Não quero, como você também não quer, mergulhar e se deparar com lixo na água. Ou mesmo caminhar pela areia e ver a quantidade absurda de lixo deixada pra trás.”

 

Fonte/Fique Bem Informado

Juiz proíbe Guarda Municipal de realizar Blitz em Búzios.

Uma ação contra o município de Búzios concedeu de forma imediata uma liminar que proíbe a Guarda Municipal de  realizar operações de Blitz . As ações tem sido motivo de discussão por conta da frequência e questionamentos sobre os motivos para tais operações. Através da rede social tem sido constante os comentários de insatisfação por parte de grande parte da população que de alguma forma foi abordada ou adicionou prejuízos causados por tais ações .  Na explicação da medida, o Juiz, Dr. Marcelo Villas, reafirmou a atribuição  da Guarda Municipal a função de multar os motoristas por qualquer infração cometida sem que aja a abordagem do servidor municipal e nada mais.
A guarda municipal de Búzios chamou a atenção em todo estado após uma ação de abordagem contra um motociclista que viralizou na internet, ganhando também espaço na grande mídia, levando a muitos comentários .
Caso a ordem judicial seja desobedecida a multa aplicada será de R$ 40 mil diária que serão revertidas no Fundo Especial do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, bem sob pena de cometimento de crime de desobediência, ou para que não haja exercício ilegal de função ou abuso de autoridade.
Fonte/Fique Bem Informado

Bases deterioradas de postes viram ameaças a moradores no Centro de Cabo Frio, no RJ

Moradores afirmam reclamar desde março de 2016 sem ter o problema resolvido. Postes têm vergalhões expostos e ficam em frente a casas.

As bases deterioradas de dois postes viraram ameaças a moradores da Rua Meira Junior, no Centro de Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio. Moradores e quem trabalha na rua afirmam que reclamam da situação desde março de 2016 com a Enel, empresa responsável pela distribuição de energia na região. As duas estruturas ficam em frente a residências e próximas a um posto do Detran-RJ.

“Um deles fica em frente à minha casa, e outro em frente à casa onde trabalho como eletrotécnico. Eu e a proprietária da casa reclamamos, mas eles estão esperando cair pra fazer alguma coisa. Façam que vêm arrumar, mas nunca em. A ferragem está estourando e joga concreto pra fora”, diz Leandro Miranda, de 36 anos.

Os postes têm vergalhões expostos na base e pedaços da estrutura de concreto caídos no chão. Eles ficam em uma área movimentada a quatro quadras da Praia do Forte, ponto turístico da cidade.

 Poste deteriorado em rua do Centro de Cabo Frio (Foto: Leandro Miranda/Arquivo Pessoal)

Poste deteriorado em rua do Centro de Cabo Frio (Foto: Leandro Miranda/Arquivo Pessoal)

O pedreiro Luiz Carlos, de 55 anos, trabalha em uma obra na rua e teme a queda da estrutura. “Estamos ali tem uns 2 meses, e o medo é que o poste caia em cima das pessoas passando na rua, nos carros que ficam estacionados, e, na queda, gerar algum problema na corrente elétrica e causar um choque em alguém”.

Fonte/G1

VÍDEO: Moradores da Meira Júnior, em Cabo Frio, padecem com bagunça e som alto até a madrugada

Menos de 3 semanas após uma operação para restabelecer a ordem pública, balbúrdia voltou a incomodar

Os moradores da Rua Meira Júnior, no centro de Cabo Frio, voltaram a sofrer com a bagunça na via, durante a madrugada, neste fim de semana. Som alto e rua lotada até ao amanhecer têm tirado o sono de quem vive ali. Menos de 3 semanas após uma operação para restabelecer a ordem pública naquele local, a balbúrdia voltou, para o desespero desses moradores.
O choque de ordem ocorrido dia 4 deste mês chegou a fechar dois bares por falta de alvará de funcionamento, multou outros dois e um quinto estabelecimento fechou as portas antes da abordagem dos agentes. O proprietário de um dos bares que haviam sido fechados conseguiu, através de liminar, reabrir o estabelecimento na última semana.

Os moradores da Rua Meira Júnior, no centro de Cabo Frio, voltaram a sofrer com a bagunça na via, durante a madrugada, neste fim de semana. Som alto e rua lotada até ao amanhecer têm tirado o sono de quem vive ali. Menos de 3 semanas após uma operação para restabelecer a ordem pública naquele local, a balbúrdia voltou, para o desespero desses moradores.

O choque de ordem ocorrido dia 4 deste mês chegou a fechar dois bares por falta de alvará de funcionamento, multou outros dois e um quinto estabelecimento fechou as portas antes da abordagem dos agentes. O proprietário de um dos bares que haviam sido fechados conseguiu, através de liminar, reabrir o estabelecimento na última semana.

“Isso aqui virou terra de ninguém. Ninguém te respeita e se reclamar pode sofrer represália”, disse um morador que preferiu não se identificar. “O dia seguinte, o que se vê, é gente bêbada ainda na rua e muito lixo”, desabafou.

O secretário de Desenvolvimento da Cidade, Cláudio Bastos, afirmou que nos próximos dias haverá novo choque de ordem no local. “Estamos trabalhando para resolver essa situação de forma definitiva”.

Fonte/rc24h.com.br

Justiça determina demolição de quiosques da Prainha, em Arraial do Cabo, RJ

Prazo para o cumprimento é de 72 horas; parte da orla será cedida a pescadores com objetivo de resguardar a atividade.

Justiça determinou a demolição dos quiosques da Prainha, em Arraial do Cabo, na Região dos Lagos do Rio. A decisão tomada nesta segunda-feira (17) determina que a ação seja cumprida em 72 horas, até 8h desta quinta-feira (20). Segundo o MPF, o descumprimento do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) acarreta em multa diária de R$ 1 mil.

A partir do acordo, a construção de quiosques sobre decks de madeira devem ser recuados ao máximo da faixa de areia e da vegetação de restinga. Para isso, é necessário solicitar prévio licenciamento ambiental e sinalizar as áreas de desenvolvimento da atividade de pesca tradicional.

O termo prevê ainda que a cessão de uma parte da orla aos pescadores tradicionais para utilização exclusiva nas atividades típicas de pesca, como forma de resguardar o sustento da população. Segundo o MPF, as atividades serão definidas pela chefia da reserva extrativista e pela colônia de pescadores de Arraial do Cabo no prazo máximo de 60 dias a partir do término das obras de requalificação da orla da prainha.

Termo determina responsabilidades do município

De acordo com o TAC, a Prefeitura de Arraial fica responsável por fiscalizar a proibição de estacionamento e acesso de veículos na praia, com pena de multa e remoção de automóveis. Fica a cargo do município remover o entulho da demolição e cadastrar os vendedores ambulantes, além de fiscalizar o descarte irregular de resíduos na Prainha.

O termo determina que a Prefeitura deve elaborar e executar a revitalização e recuperação da área degradada, observando os limites do calçadão da praia e fazendo o replantio de plantas nativas do local.

De acordo com o Ministério Público Federal, a Prefeitura fica obrigada ainda a enviar relatórios ao MPF e a disponibilizar à colônia de pescadores de Arraial do Cabo, que também assinou o Termo de Ajustamento de Conduta, a área destinada ao desenvolvimento da atividade de pesca tradicional na Prainha.

O termo ainda determina que, para fazer locação ou qualquer outra forma de transferência dos quiosques implantados, a Prefeitura deverá fazer um processo licitatório, conforme a legislação.

O termo também estabeleceu que a colônia deve promover a gestão desta área de acordo com as normas definidas pela comunidade dos pescadores tradicionais da Prainha. Os representantes do conselho deliberativo da reserva extrativista marinha de Arraial do Cabo e da comunidade serão os responsáveis diretos pela gestão do local destinado ao desenvolvimento da atividade de pesca tradicional na prainha, previsto no projeto de revitalização e recuperação elaborado pela Prefeitura.

O acordo foi feito em uma reunião com a participação do ICMBio, representantes da Prefeitura, da colônia de pescadores e da Associação da Reserva Extrativista Marinha de Arraial.

Segundo o Ministério Público, o município se comprometeu a incluir no projeto a colocação de placas de sinalização na área tradicionalmente ocupada por pescadores. O termo aditivo também tem o objetivo de promover a retirada de todo entulho decorrente da retirada dos quiosques.

Fonte/G1